Bem, como já havia comentado anteriormente apesar do tema não se tratar de uma ferramenta ou de uma metodologia para melhoria do seu website, este tema é fundamental, pois muitas empresas e profissionais liberais por incrível que pareça em pleno século XXI não divulgam seus websites pelas mais variadas desculpas.

Contudo, não pretendo falar destas desculpas, mas sim quero lhe mostrar a importância da Internet para o seu negócio, os novos hábitos dos consumidores e porque divulgar seu website é tão fundamental para o sucesso da sua empresa.  

Bora lá?

 

A Internet

Seria impossível falar sobre a divulgação sem que entendamos o real poder da Internet nos dias de hoje, assim vamos começar falando deste poderoso canal que a cada dia se torna mais fundamental para qualquer estratégia independente do seu negócio. 

A internet foi criada em 1969, nos Estados Unidos, chamada inicialmente de Arpanet, ela tinha como função interligar laboratórios de pesquisa, a rede pertencia ao Departamento de Defesa norte-americano. 

Somente a partir de 1982, o uso da Arpanet tornou-se maior expandindo para outros países, como Holanda, Dinamarca e Suécia. Desde então, começou a ser utilizado o nome Internet. 

Contudo, por quase duas décadas, apenas os meios acadêmicos e científicos tiveram acesso à rede, somente em 1987 a Internet foi liberada para uso comercial. 

E aí meu amigo(a) e que começa a nossa história..

 

 

O boom da WorldWideWeb

 

O início da última década do século XX marcou o começo de um novo capítulo na história mundial, ou em outras palavras, foi o início do e-commerce. 

Foi em 1990 que surgiu o primeiro navegador da web, chamado de WorldWideWeb – mais tarde renomeado como Nexus, que funcionava como interface para acessar a Internet através de um formato gráfico.  

Contudo foi apenas em 1994 que o primeiro produto foi vendido, uma pizza de cogumelos e pepperoni com queijo extra, pela PizzaHut, a partir daí o que se viu foi um crescimento sem precedentes na história, empresas de todo o mundo começaram a voltar seus olhos para este novo canal que surgia, e não somente elas..

 

Steve Jobs e a Inovação!

É impossível falar da Internet e da sua importância sem falar de Steve Jobs, afinal a criação do iPhone revolucionou não só a telefonia móvel, mas também a maneira pela qual a Internet passou a ser acessada. 

No início de 2007, Jobs apresentou um telefone celular revolucionário um “dispositivo de comunicação pela Internet”, ou como ele chamava, a Internet de Bolso.  O iPhone foi o balizador para uma nova onda de inovação, a plataforma que a Apple construiu quebrou paradigmas e possibilitou a criação de aplicativos, vulgarmente chamados de ‘Apps’.

A utilização de ‘Apps’ mudou radicalmente os hábitos das pessoas, pela primeira vez na história as pessoas não estavam mais usando seu celular para fazer ligações, ao contrário, estavam utilizando Apps para os mais variados fins.

Talvez Jobs naquela época não soubesse, mas ao criar o iPhone ele não mudaria apenas a telefonia móvel, ele mudaria os hábitos dos consumidores em uma escala planetária e com isso a Internet também.

 

O Smartphone e a Mudança de Hábitos

O smartphone possibilitou não apenas uma maior praticidade no acesso a Internet, ele também criou uma nova maneira de se fazer negócios, além disso, o barateamento do aparelho mais a maior oferta de pacote de dados, fez com que todas as pessoas independentes de suas classes sociais pudessem ter seu smartphone.

E isso contribuiu para a popularização da Internet como a conhecemos, para que você tenha uma ideia deste alcance, atualmente cerca de 3,9 bilhões de pessoas usam a internet em todo o mundo, o que representa mais da metade da população mundial, além disso, segundo último levantamento as pessoas passam uma média 9 horas por dia online, sendo o Brasil o terceiro no ranking dos países onde as pessoas passam mais tempo na Internet.

 

 

Bem, você deve estar se perguntando o que isso tem a ver com divulgação online até aqui? Eu diria que tudo!

Veja como desprezar um canal que atrai mais de 3,9 bilhões de pessoas, com um tempo diário de acesso de mais 9 horas, e de quebra tendo o Brasil como o terceiro maior no ranking de países que mais utilizam a internet? 

Diria até que só por esses números, poderíamos parar por aqui, afinal já séria loucura não utilizar este canal para divulgar sua empresa, você não acha?

Contudo, vamos além...

 

Brasil e a Internet

Não foi apenas ao redor do mundo que a Internet se popularizou, a privatização das telecomunicações ajudou a criar o ambiente propicio para o crescimento da Internet no Brasil.

Podemos até discutir a qualidade e o preço do serviço (um dos mais caros do mundo), mas é inegável que devido a privatização houve uma maior expansão do serviço e com isso uma popularização da internet no país.

Para que você tenha uma ideia, o número de brasileiros que usam a internet continua crescendo ano após ano, subiu de 67% para 70% da população, o que equivale a 126,9 milhões de pessoas.

Além disso, outros números tornam a Internet o canal ideal para as empresas, são eles:

 

• Pela primeira vez, metade da camada mais pobre do Brasil está oficialmente na internet: 48% da população nas classes D e E, acima de 42% em 2017;

• 46,5 milhões de domicílios estão com acesso à internet, 67% do total;

• Entre os usuários da internet, 48% adquiriram algum tipo de serviço on-line, como aplicativos de carros, serviços de streaming de filmes e música, ou pedidos de comida.

 

Mas, nem tudo são flores

Se de um lado a popularização da Internet causada no Brasil principalmente pelo uso de smartphones, ajudou a viabilizar a Internet como um canal extremamente poderoso de vendas, por outro lado acirrou ainda mais a concorrência entre as empresas.

Se antes era extremamente difícil e custoso pôr um site no ar, com a popularização crescente houve um barateamento dos serviços de hospedagem, em grande parte porque muitas empresas de hospedagem abriram negócios no país, a consequência disso é que se antes era relativamente fácil estar entre as primeiras páginas dos buscadores, com o aumento vertiginoso da concorrência esse cenário mudou radicalmente. 

Empresas que antes navegavam tranquilas passaram a competir com alguns milhares de registros de outras empresas, e toda essa disputa por espaço resultou em um aumento do uso de publicidade digital, ou divulgação online.

 

 

 

Marketing 4.0 e a Transformação Digital

Como já havia comentado a popularização da Internet fez muito mais do que aumentar o tempo que as pessoas passam online, ela mudou também o hábito de consumo das pessoas, a personalização passou a ter um peso fundamental independente do nicho do negócio!

Afinal no Marketing 4.0 o grande desafio das marcas é saber envolver um público cada vez mais sem tempo e impactado por inúmeros estímulos.

Mas o que o Marketing 4.0 tem a ver com divulgação online? 

 

Eu diria que tudo Gafanhoto!

Afinal independente do tamanho de uma empresa, saber chamar a atenção do seu público que cada vez tem menos tempo é um grande desafio, por isso, não basta apenas divulgar é preciso saber divulgar, e ter o seu negócio centrado no cliente e não mais no seu produto!

 

Quer exemplos disso na prática?

Muitas pessoas acreditam que o sucesso de empresas como Nu Bank, Netflix, Ifood, Uber tem haver com a tecnologia! Nada mais enganoso, diria até que a tecnologia não passa hoje de um mero commodity, afinal qualquer empresa hoje em dia pode trabalhar com tecnologias de ponta, como Java, c#, PHP entre outras!!!!!

Desta maneira o sucesso destas empresas tem a ver com o foco que elas dão no cliente!

Vejamos a Uber, no modelo antigo você pegava um taxi, não conhecia o taxista, não podia avaliar seu serviço, tinha uma vaga ideia de quanto ia gastar e outra ideia ainda mais vaga de por onde ele iria passar. Cruel né?

Já com a Uber você sabe quanto você vai gastar, como você quer pagar, quem é motorista, qual caminho ele vai fazer e de quebra você ainda pode avaliar o seu trabalho, fantástico não?

Mas, o mais fantástico aqui é pensar o que mudou afinal tanto um motorista de Uber quanto um de Taxi fazem a mesmíssima coisa, isto é, te levam de um lugar para o outro, contudo o que mudou não foi a tecnologia (ela até ajuda, concordo), mas foi à percepção do negócio, enquanto o modelo tradicional foca no produto (Taxi), o novo modelo (Marketing 4.0) foca no cliente, e isso faz toda a diferença para qualquer negócio!

 

Assim utilizar a Internet para divulgar seus serviços e produtos, sem ter como foco o cliente ao invés do produto é um erro que pode fazer com que o seu negócio feche as portas.

 

Tradicional versus Digital

Toda a popularização da Internet aliada a uma mudança de hábitos do consumidor mudou também a relação de investimentos em publicidade.

Segundo o Washington Post no ano passado o dinheiro gasto em publicidade digital nos Estados Unidos superou pela primeira vez na história o total investido em anúncios nas chamadas mídias tradicionais, estima-se que as empresas gastaram quase US$ 130 bilhões (54,2%) em anúncios digitais contra US$ 110 bilhões (45,8%) das mídias tradicionais.

Além da mudança de hábitos e da popularização da Internet, outro fator crucial para esta mudança de investimentos, se chama segmentação!

 

O Poder da segmentação

Enquanto no modelo tradicional as campanhas são extremamente caras pela dificuldade de alcançar o público alvo, o mesmo não acontece com as campanhas digitais, graças a segmentação (ato de separar o mercado geral de clientes em potencial de acordo com características específicas) as campanhas digitais se tornaram além de muito eficazes, muito mais baratas.

Afinal diferente do modelo tradicional que dificilmente se tem uma total precisão, as campanhas online (segmentadas) atingem exatamente o público alvo escolhido, conhecendo as características principais, as necessidades, gostos, etc.. é possível construir um mix de marketing personalizado para cada segmento de potenciais clientes e com isso aumentar a sua taxa de conversão.

Além disso, a segmentação fez muito mais do que tornar mais assertivas as campanhas online, possibilitou também que pequenas empresas competissem no mesmo pé de igualdade que grandes empresas.

 

 

Neste novo cenário, as empresas que conseguem entender os novos hábitos de seus consumidores e se adaptar rapidamente a essas mudanças largam na frente de seus concorrentes.

Por isso, para divulgar um produto ou serviço de maneira eficiente, além de uma boa segmentação é necessário também entender os hábitos do consumidor e ter como foco a personalização do produto/serviço para cada tipo de cliente em potencial.

Bem estamos chegando ao fim deste artigo, espero que você tenha compreendido a importância da Internet para os negócios, os novos hábitos dos consumidores e que o aumento da concorrência faz com que, obrigatoriamente, a divulgação online faça parte essencial dos planos de qualquer negócio.

No próximo artigo falaremos sobre a Pesquisa de voz, e como ela está revolucionando a maneira de se pesquisar conteúdos.

Posted on